chevrolet_colorado_z71_-620x373.1jpg

 

 Reinando praticamente absoluta no segmento de super-picapes há anos, a Ford F-150 Raptor não deve demorar para ganhar uma rival de peso. Conforme apontam informações apuradas pelo siteGM Authority, a Chevrolet desenvolve em segredo uma versão off-road da nova geração da Colorado, irmã norte-americana da nossa S10. Detalhes ainda são limitados, mas sabe-se que a caminhonete está sendo projetada para ter os mesmos atributos e capacidades da rival da oval azul.

 

chevrolet-colorado-2014-live-22-620x355.2jpg

 

 Naturalmente, a expectativa era de que a GM escolhesse a Silverado para brigar com a Raptor (e de certa forma até o fez, com a versão preparada Reaper), mas os engenheiros decidiram pela Colorado levando em consideração o menor peso e a agilidade do modelo. O lançamento deve acontecer em algum momento de 2015 ou 2016, com grandes chances da novidade receber o sobrenome ZR2. O motor, porém, deve permanecer o mesmo 3.6 V6 de 305 cavalos das versões mais caras.

 

 http://carplace.virgula.uol.com.br/chevrolet-colorado-irma-da-s10-tera-versao-off-road-aos-moldes-da-raptor/

 

 

 

 

2015-Nissan-Versa-Note-13.1jpg

 

O câmbio automático continuamente variável, o CVT, divide opiniões. Alguns elogiam a ausência de mudanças e sua capacidade de economizar combustível. Por outro lado, também gera críticas por deixar a dinâmica de condução mais neutra com pouca interação do motorista, salvo algumas exceções, como o do novo Corolla por exemplo.

 

Nissan-Sentra_2013_01-620x491.2jpg

 

Como especialista no assunto há um bom tempo, a Nissan vai tentar agregar um pouco mais aos seus veículos com uma mudança no câmbio CVT. Começando pelos Estados Unidos, a marca japonesa vai atualizar o software de gerenciamento da transmissão em todos os modelos 2015. O objetivo é fazer com que seu câmbio continuamente variável fique um pouco mais parecido com um automático convencional.

 

nissan-altima-1.3jpg

 

Para dar aos motoristas a opção e a sensação de troca de marcha, a Nissan vai adicionar o recurso D-Step na lógica de mudança do câmbio. Na prática, o sistema obriga a transmissão a segurar uma relação e depois mudar para simular a maneira que faria um câmbio automático tradicional.

 

nissan-versa-18-11

 

 A atualização já começou a ser aplicada no linha 2015 dos modelos Versa, Versa Note, Sentra, Altima V6, Pathfinder e Quest. Em entrevista à publicação Automotive News, John Curl, gerente de produto regional da América do Norte Nissan, disse que a decisão de adicionar a tecnologia vem em parte porque alguns proprietários ficam incomodados que os CVTs não mudem as marchas. De acordo com Powers, o D-Step “evita a elasticidade que se sente” e que muitos motoristas não gostam.

E vocês leitores, preferem uma transmissão elástica sem mudanças ou preferem sentir as trocas? Por enquanto, não há informações sobre uma possível atualização nos modelos vendidos no Brasil.

 

 http://carplace.virgula.uol.com.br/nissan-vai-mudar-cambio-cvt-e-deixar-parecido-com-um-automatico-convencional/

 

 

 

 

 

Novo-Sandero-loja-1-620x465.1jpg

 

 Lançado no começo de julho no Brasil, o novo Sandero 2015 já está com sobrepreço nas lojas. Foi o que a reportagem do CARPLACE apurou em algumas revendas da capital paulista, consultadas por telefone e uma delas visitada por nossa equipe. Amplamente reformulado, especialmente no design exterior e interior, o hatch mais vendido da Renault no país estreou sua linha 2015 com preço de tabela a partir de R$ 29.890 na versão Authentique 1.0 16V.

 

Novo-Sandero-loja-2-620x465.2jpg

 

Esta versão de entrada, no entanto, sequer estava exposta na concessionária. Até aí tudo bem, pois no lançamento as marcas costumam valorizar os modelos mais completos. Estranho foi encontrar, já nas plaquinhas de exposição dos carros, o “preço base” com acréscimo de até R$ 2 mil. A versão Expression 1.0 16V está sendo ofertada por R$ 36.990, enquanto o valor sugerido pela Renault é de R$ 34.990. Já o Sandero Expression 1.6, tabelado a R$ 38.590, é encontrado na prática por R$ 40.390. Curiosamente, a versão top Dynamique não estava no show-room. Mas, seguindo o ágio cobrado nas demais versões, não sairia por menos de R$ 44.000 – na tabela consta R$ 42.390.

 

Novo-Sandero-loja-5-620x465.3jpg

 

 No lugar do Dynamique, a revenda visitada exibia um modelo Expression 1.6 com rodas de liga TSW pretas e pneus de perfil baixo, além de mais alguns itens, oferecido por R$ 48.875. Nascido para ter a relação custo-benefício como um de seus principais pilares, o Sandero perde competitividade com esses preços praticados. Aos interessados, vale sempre pesquisar e questionar o sobrepreço. Ao fazermos isso, o vendedor deu mil explicações, até de que o carro estava mais equipado, quando na verdade todos os itens adicionais eram cobrados à parte – basta ver as plaquinhas nas fotos.

 

Novo-Sandero-loja-6-620x465.4jpg

 

Vale destacar também que a Renault está investindo forte na central multimídia Mídia Nav, que engloba GPS, sistema de som e conexão celular, tudo comandado pela tela sensível ao toque. Todos os carros expostos na loja tinham o equipamento, vendido a R$ 1.150 já com o sensor de estacionamento incluído. Ou seja, não fosse o sobrepreço do carro, dava para levar estes opcionais e ainda sobrava um troco…

 

Novo-Sandero-loja-3-620x465.5jpg

 

http://carplace.virgula.uol.com.br/novo-renault-sandero-ja-e-vendido-com-sobrepreco-de-ate-r-2-mil/

 

Kia-Rio_2012_03.1jpg

A Kia confirmou os rumores que rondavam o mercado e reiterou nesta semana o desejo de construir uma fábrica de automóveis no México. Em comunicado revelado à imprensa norte-americana, a gigante asiática afirmou que expandir suas atividades fabris para além da Coreia do Sul é uma medida cada vez mais inadiável e que, nesse contexto, o país latino desponta como favorito para receber investimentos. “O México está sendo bastante considerado. Precisamos aumentar nossa oferta nas Américas”, diz um porta-voz.

 

kia_cerato_hatchback_-620x411.2jpg

 

Detalhes sobre o projeto ainda são limitados, mas sabe-se que a expectativa da Kia é erguer uma fábrica de grandes dimensões e que tenha capacidade de produção anual na casa das 300 mil unidades. A cidade de Monterrey, capital do estado de Nuevo León, no nordeste do país, é a favorita para receber a planta. Ainda não foi confirmada a identidade dos modelos que ganharão cidadania mexicana, mas a expectativa é que sejam veículos de porte compacto-médio.

 

Novo-Cerato-2014-04-1200x862.3jpg

 

Atualmente a Kia possui uma única fábrica no continente americano, sediada no estado da Georgia, Estados Unidos. A unidade produz os modelos Optima e Sorento, mas opera em plena capacidade e já não atende completamente a demanda.

 

http://carplace.virgula.uol.com.br/kia-confirma-rumores-e-volta-a-falar-em-construcao-de-fabrica-no-mexico/

Conecte-se com a gente!

Antes de sair, faça uma visita em nossas redes sociais!

Curta, compartilhe e faça parte da nossa história você também!

facebook azul youtube original

Oficinas Credenciadas

Área Restrita